Você ainda pensa em trabalhar de casa?

5 agosto, 2019 • 6 minutos

Independentemente se é uma carreira autônoma, ou um combinado do emprego, quem trabalha em casa costuma ser o alvo de inveja dos amigos que precisam se deslocar até o escritório. Mas antes de sair por aí se vangloriando da sua sorte, é preciso entender que o expediente no aconchego do lar nem sempre é a melhor opção.

Por mais sossegado e confortável que pareça, trabalhar em casa todos os dias pode prejudicar o seu bem-estar e até mesmo o seu desempenho profissional. Quer saber mais sobre isso? Então dá uma olhada na lista que preparamos sobre as desvantagens do home office.

1. Isolamento social

O que pode parecer um sonho para alguns que buscam se livrar dos colegas inconvenientes é, na verdade, um grande problema. Alguns estudos já relacionam o home office ao aumento dos quadros de depressão. Em relação ao trabalho, o contato com outras pessoas, mesmo que não estejam envolvidas no projeto, contribuem para um crescimento pessoal e podem se reverter em fontes de inspiração e criatividade. Mesmo que seja só na hora do almoço, sair para conversar possibilita conhecer diversas realidades e relaxar um pouco a mente.

2. Queda na produtividade

Sua casa tem tantas coisas interessantes para serem feitas que é difícil se concentrar no trabalho. Por isso, é muito comum a pessoa apresentar queda na produtividade conforme o tempo vai passando. O simples fato de não ter um superior conferindo o andamento do seu progresso te exige muito mais disciplina. Pode parecer bom no começo, mas, ao apertar os prazos, o estresse tende a ser seu companheiro.

3. Interrupções constantes

Um dos cenários mais complicados é o home office morando com outras pessoas. Nem todo mundo consegue compreender que, apesar de estar em casa, é o seu horário de expediente. Vira e mexe alguém aparece pedindo um favor, uma carona, uma opinião irrelevante, etc.. Se por um lado isso contribui para amenizar aquele isolamento citado no primeiro ponto, por outro, prejudica o andamento do seu trabalho.

4. Sensação de morar no trabalho

Mesmo que você trabalhe de casa hoje, provavelmente já foi empregado em algum lugar. Sabe aquela sensação ruim de ter que ir ao escritório no seu momento de lazer? Pois então, quem trabalha em casa pode sofrer com isso, principalmente se não contar com um cômodo exclusivo para o expediente. Por conviver com no mesmo ambiente relacionado ao trabalho, às vezes é difícil até relaxar aos fins de semana, gerando uma estafa mental.

5. Não ter horário fixo

Esse é um dos pontos que as pessoas adoram enaltecer. Sim, é bem legal começar o trabalho por volta das 14h e ninguém questionar. O duro é quando o horário sai do controle e você se vê trabalhando de madrugada, feriado, festa de família e tudo mais. Quando a remuneração é feita por produção, muitas vezes, o trabalhador começa a passar do ponto sem perceber, colocando em risco a sua saúde mental e física. Contar com um horário estipulado, que realmente te impeça de trabalhar durante a madrugada, é uma boa pedida.

6. Investimento em infraestrutura

Muitas das pessoas que optam por trabalhar em casa vêem na redução dos custos o melhor dos argumentos. Claro, você não vai gastar em transporte e nem precisará de tantas roupas ajustadas, mas a economia para por aí. Pensar que a internet que supre a demanda da casa é suficiente para o seu expediente costuma ser um dos primeiros erros. Para uma boa produtividade, a velocidade da banda larga é fundamental – e isso tem seu custo. Além disso, a mobília e o espaço também fazem toda a diferença para manter a sua concentração e conforto. Não adianta achar que aquele cantinho na bancada vai ser suficiente para passar as oito horas diárias. Ah, não se esqueça que em casa você não paga o almoço no caixa, mas isso não significa que ele saiu de graça.

Para contornar todas essas situações, autônomos e funcionários que fazem home office têm frequentado escritórios compartilhados, os chamados de coworking. Nesse ambiente, os profissionais assinam uma mensalidade para ter acesso à uma mesa exclusiva e a toda infraestrutura do local, como internet, mobiliário e salas de reunião.

Além de auxiliarem na produtividade e no controle do tempo, um coworking promove uma intensa troca de informações entre seus frequentadores, possibilitando, inclusive, o surgimento de novos negócios.

Foi pensando nisso que nós criamos o coworking do Espaço Sophia. Além de contar com todo o suporte do nosso café e livraria, ele fica bem localizado e é ideal para quem mora no Jardim Anália Franco. Venha conhecer o nosso espaço de perto. Sua produtividade irá agradecer.

Leia também

Rua Padre Landell de Moura, 159 - Jd. Anália Franco - São Paulo
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram